Que é o que no transcurso de séculos era um tesouro da famķlia real e que até nos nossos dias é uma coisa mais rara que um Ferrari novo?

A resposta é o edredom.

Eider é um pato įrctico grande, Somateria Mollissima em latim, que na Islāndia tem sido protegido pela lei durante mais de um século. Cada primavera regressa ą costa desde o Oceano Atlāntico, o seu habitat, faz um ninho, deixa lį uns 17 grames de plumagem gris, muito ligeira, e põe 4 ou 5 ovos grandes. Uma vez nascidos passarinhos, todos os eideres regressam ao oceano.

A plumagem a deixam somente as aves femininas completamente maduras. É o que faz o edredom sempre maduro e uniforme.

Actualmente, a maior parte do edredom furnido ao mercado mundial vem da Islāndia, onde a sua recolecēćo é uma tradiēćo milenįria. Cada primavera, da maneira adequada recolha-se somente 2,5 toneladas de edredom, sendo posteriormente limpado conforme a uma tecnologia especķfica, guardada segredo, que faz o edredom da Islāndia fora de competźncia quanto a sua qualidade. É uma indśstria que respeita o meio ambiente.